além das chuvas de outono – #Luis Eloi Stein

Uma lua sem luz
que no céu escava um espaço de céu

como se fosse, o céu,
uma folha de papel-carbono
já guardado quando gasto
no Primário, depois do recreio

como o silêncio das três e meia da madrugada
que pode durar como as chuvas de outono

como se fosse, o outono,
um gigante cansado e saciado subindo pelo seu caminho
a escalar montanhas de fadas
para se colorir nos cadernos de desenho nas tarefas de escola

assim esta parada de progresso
na construção da vida
adulta. Interminável profissão adquirida
redigindo respostas com as próprias mãos

enquanto perguntas
preferenciais de faixas de emergência,
não há faixas de emergência
em nossas cidades linguísticas

somos todos iguais, filhos estranhos
portadores sãos de uma rajada de vento
dentro dos armários de homens avaros
que parecem ter-se atrasado no tempo, para além das chuvas de outono.

 

translated by Luis Eloi Stein from the italian original version of oltre le piogge autunnali